segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Cristo

Olha que coisa maravilhosa a Vais é capaz de produzir! Essa é daquelas que mergulham (e eu vou junto, que não sou bobo) e a gente se comove.

http://www.cantodasformas.blogspot.com/, passa lá! Vale a pena.

Cristo
.

Disseram-no Rei

Das vestes simples, pensamentos nobres

Nasceu assim e assim viveu

Amante simples da pesca...

Das putas,dos malditos, dos excluídos:

- Escória daqueles mundos!

Fez, falou, pregou e foi pregado.

Sangrou e viveu e morreu e viveu.

Um Rei sem posses- Deus!

O maior dos anarquistas, graças ao Aníbal.
.
.

6 comentários:

sandra camurça disse...

Vais é maravilhosa! Já disse que quando crescer quero ser igual a ela. Valeu!

Beijos.

Vais disse...

Olá Professor,
você..., bem..., quero dizer..., ou melhor, escrever...,
pois é...,saudações!
A Sandrinha tá virando suspeita, rsrs.
Marcelo, só um detalhe, tá faltando o título, rsrs, .
beijo grande y grácias pelo carinho.

Vais disse...

Tudo bem Professor,
às vezes passa uma mosca, e eu sem piedade a engulo, rsrsrs
Já vi o título.
beijo

Marcelo F. Carvalho disse...

Nada disso, Vais, quem papou mosca fui eu. Corrijo porque sua poesia e você valem isso!
___________________
Abraço forte!

Jens disse...

Mais uma bola dentro, Marcelo. A Vais é tudo de bom.

Acantha disse...

Adoro a Vais! E você desapareceu, MARCELO...