sexta-feira, 5 de junho de 2009

Qual a necessidade do liberté, egalité fraternidad?

Publicado por Felipe em seu blogue:
Primus scribere deinde, philosophari
.
De que Serve a Bondade
.
1
De que serve a bondade
Quando os bondosos são logo abatidos, ou são abatidos
Aqueles para quem foram bondosos?
.
De que serve a liberdade
Quando os livres têm que viver entre os não-livres?
.
De que serve a razão
Quando só a sem-razão arranja a comida de que cada um precisa?
.
2
Em vez de serdes só bondosos, esforçai-vos
Por criar uma situação que torne possível a bondade, e melhor;
A faça supérflua!
.
Em vez de serdes só livres, esforçai-vos
Por criar uma situação que a todos liberte
E também o amor da liberdade
Faça supérfluo!
.
Em vez de serdes só razoáveis, esforçai-vos
Por criar uma situação que faça da sem-razão dos indivíduos
Um mau negócio!
.
Bertold Brecht, in 'Lendas, Parábolas, Crónicas, Sátiras e outros Poemas'
Tradução de Paulo Quintela

5 comentários:

BirdBardo Blogger disse...

Essa realmente é ótima e uma manual para se seguir a risca...

Karen Euterpe disse...

ah nem vo comentar!! ja comentei no do felippe... hahahahhahaaaaa

Loba disse...

Olha que interessante: comecei discordando e já preparando o contra-argumento. Mas o poema continuou... e o final traduziu o que acredito!
Beijo, professor!

Loba disse...

Olha que interessante: comecei discordando e já preparando o contra-argumento. Mas o poema continuou... e o final traduziu o que acredito!
Beijo, professor!

Jens disse...

Valeu, Marcelo.
Bretch foi um dos grandes. Já não se fazem mais humanistas assim.
Um abraço.