sexta-feira, 30 de abril de 2010

Ai, eu adoro amar você!



.

Sei lá porquê quis escrever sobre.

Sei lá se estarei sendo absurdo e machista ao comparar uma coisa a outra.

A verdade é que deu uma vontade louca de dizer que “eu adoro amar você”. Só não continuo a letra porque, sinceramente, Daniel me causa náuseas.

Mas hoje é o Dia Nacional da Mulher (lei 6.791) e eu...

.

.

... Falando, no horário do expediente, de filmes e livros e Oscar Wilde – mais precisamente O Retrato de Dorian Gray – cheguei ao assunto da questão: a beleza. Para mim (e minha pouca idade e risível conhecimento), nada mais símbolo da beleza feminina (carnalmente falando), que estas 4 mulheres: Luiza Brunet, Mônica Bellucci, Juliette Binoche e Ava Gardner. Devo, ainda, admitir que tenho uma quedinha pela Isabella Rossellini (naquele ótimo filme Um Toque de Infidelidade).

.

.

Enfim, eu adoro amar vocês.

.


3 comentários:

Halem Souza disse...

Luiza Brunet tá na minha lista...

Sobre a beleza, Manuel Bandeira compôs alguns de seus melhores versos:

"A beleza, é em nós que ela existe.
A beleza é um conceito.
E a beleza é triste.
Não é triste em si,
Mas pelo que há nela de fragilidade e de incerteza"


(Do poema Madrigal melancólico"

Jens disse...

Eu também adoro amá-las.
Quanto à beleza: diz o populacho, que beleza não se põe na mesa. Mas eu não como na mesa (a não ser em ocasiões especialíssimas...).

Um abraço.

PS: a Isabela Rossellini teve a quem sair: mamãe Ingrid Bergman, uma das minhas paixões dos anos dourados.

Meneau (o insuportável) disse...

Monica Bellucci e L. Brunet arrasam! Acho J. Binoche meio sem sal. Ava Gardner foi ótima lembrança (Frank Sinatra se deu bem...)