domingo, 13 de julho de 2008

Um certo gosto de passado,
do que não foi
não poderia ser
não se fez
não cumprimos.
Ficamos.
Sem o adeus que fere
e encerra.
Sem talvez
ou rituais ordinários.
Sem perdas.
Nem partidas.
.
Acantha Sirte
.
Pois é, a senhorita Acantha voltou ao mundo do Blogue e, espero, para nunca mais sair. É muito, muito bom jogar os cotovelos na mesa do computador e devorar suas sátiras, suas retóricas, seus textos inteligentíssimos e sua poesia... Ah, a sua poesia!
http://www.banalidades-raras.blogspot.com/


3 comentários:

Jens disse...

Salve, Marcelo.
Oportuno o destaque. A sensibilidade, a perspicácia e o humor ácido de A. estavam fazendo falta.
Para ela, paz, prosperidade e longa vida na blogosfera.
Pra você, um abraço. Voltei, enfim.
Arriba!

CRIS disse...

Oi, Marcelo..

Obrigada pela visita . Sentí energia das boas.
Destaque merecido pra Acantha.

Bj

Anedanca disse...

Muito bonita a poesia!!
Beijão Marcelo!!
Com carinho,
Ane